28 de mar de 2016

Fico muito feliz em poder ajudar!

Lembrancinha de Páscoa






Essas foram as lembrancinhas feita pela irmã Taty Souza Lima, ela é da Igreja Batista Canaã em São Paulo, no Jardim das Oliveiras.
A irmã Taty me enviou, demonstrando gratidão e alegria.

Me sinto feliz em saber que pude ajudar, numa data tão linda!!!









12 de fev de 2016

26 de dez de 2015

APOSTILA: Como trabalhar com o maternal

ENSINANDO AO MATERNAL



Primeira Igreja Batista
Ministério Infantil Amigos de Deus
Classe: Cordeirinhos de Jesus
2016




Temos vivenciado nos dias de hoje, uma visível contaminação de nossas crianças pelos valores do mundo, que tão facilmente tem acesso aos lares através dos meios de comunicação, com uma linguagem deturpada de valores e corrompida, trazendo desajustes na formação do caráter dessa geração. Também podemos salientar que, as crianças são suscetíveis a influências de comportamentos não cristãos na vizinhança, nas escolas e, até mesmo, em algumas convivências familiares.


As crianças pequenas (3-5 anos de idade) precisam tomar conhecimento do amor de Deus, o qual foi demonstrado de forma plena por meio de Jesus.

Somos responsáveis por assumirmos um compromisso de orar e ensinar os princípios bíblicos aos nossos pequeninos, por isso acreditamos que esses encontros serão um bom começo no processo em busca de amadurecimento e crescimento em Cristo na vida de cada criança.





Como trabalhar com o maternal:

-Não diga às crianças que Deus briga:

*Não diga a ela que “Deus briga”, pois elas ficarão com medo, elas fazem comparação de Deus com os pais delas, se seus pais forem “duros” com eles, consequentemente acharão que Deus também será “duro” e eles poderão  sentir medo de Deus.
Em vez de dizer que Deus briga, diga a elas que:
*Deus gosta de criança obediente.
*Deus gosta de criança que trata bem seus colegas... etc.


-Atividades rápidas.
*Eles executam com muita rapidez suas atividades, eles pensam muito rápido. Se demorar muito em uma atividade, acaba se tornando muito cansativo eles logo,  logo enjoarão  e sentirão vontade de  fazer outra coisa, se não tiver planejado outras atividades, com certeza eles começaram a bagunçar, morder o colega, etc.

- As crianças precisam perceber que em sua aula existe momento  para executar as atividades:
* Chegada  - vão chegando e se acomodando.
*Momento de oração. (Poucas palavras, e fáceis)
*Momento da história. (Bem resumida)
*Momento do versículo. ( O versículo deve ser pequeno)
*Momento da música. (Deve ser pequena)
*Momento da oferta.
*Momento da atividade escrita (pontilhar traçados).
*Momento da atividade de pintura.
*Momento de atividade de artes. (Colagem, massa de modelar, etc.)
*Momento de cantar e tocar instrumentos musicais. (Organize este momento, faça um círculo e sente diante deles, você precisa ver como eles se comportam)
*Momento de brincar com os brinquedos da salinha.
*Momento do descanso. (Providenciar colchões para eles deitarem ou sentarem, isso acontece bem próximo do horário dos pais busca-los).

* Cuidado com os tipos de bonecos (fantoches) que você utiliza para contar histórias, alguns são um pouco esquisitos, cuidado para suas crianças não ficarem com medo. Crianças nesta idade também costuma ter medo de palhaço. Existem casos como estes que marcam negativamente a vida da criança.

IMPORTANTE: Não realize nenhuma dessas atividades enquanto as crianças estiverem agitadas, procure acalmá-las para iniciar cada momento.


Exemplos de atividades, jogos e brincadeiras:

1- Garatuja: folhas em branco, onde a criança poderá pintar com lápis, giz de cera e/ou guache (tomando muito cuidado para não levar à boca e aos olhos).

2- Exercícios de encaixe, sempre incentivando para que a criança acerte. De início o professor deve ajudar a criança, até que ela consiga associar a forma ao buraco.

3- Jogos de bola em rodas, promovendo a integração social, onde a criança deverá joga-la para o amigo, dizendo o nome (ou dito pelo professor).
4- Trabalhos manuais com massinhas e argila, deixando que estes manuseiem bastante.


5- Incentivar e permitir a fala da criança em todas as atividades possíveis, falando corretamente com a criança. Mostrar à criança a conveniência de falar em voz baixa, trabalhando com a criança o saber escutar.

6- Apresentação das cores.

7- Trabalhos com músicas gestuais, cantigas de roda e dança ( adaptando nossas músicas, cantando como cantigas de roda) estimulando partes do corpo.
*Criação de bandinha para os momentos de louvor. Construa instrumentos, cuide para que cada criança receba os mesmos instrumentos para não haver briga. Se aparecer um instrumento diferente, cuide para que haja acordo, caso a criança queira o instrumento do colega.

8- Contos de histórias curtas.

9- Coordenações  motora livre, como rasgar papel, brincar de massinha, etc.

10- Brincadeiras de imitar os adultos, como escovar os dentes de bonecas, fazer comidinha, ir as compras, banho de bonecas, etc.

11- Imposição de limites e boas maneiras, dizendo “não” à criança, toda vez que colocar em perigo si mesmo, os colegas e professores.

12- Utilize a garrafa da calma, que vai ajuda-los a acalmá-los em alguns momentos.
13- Utilize a música que ensina que esta na hora de guardar os brinquedos, eles obedecem ao ouvir a música.
14- - Permitir que participem durante a história.

*. Combinar no início da aula, cada vez que aparecer o cachorro na história vocês devem dar dois latidos e cada vez que alguém bater à porta, vocês batem 3 vezes na mesa. (especificar bem a quantidade para evitar bagunça e dispersão).
*. Distribua as figuras de personagens da história antes de começar e peça a cada criança que coloque o seu personagem na hora em que ele aparecer na história. Ex. na história da ovelha perdida prepare as ovelhas antes da aula com as crianças e peça que as segurem; quando você falar que o pastor tinha muitas ovelhas, peça às crianças que as coloquem na mesa; quando uma fugir, você mesmo a tira e continua a história.
15- Procurar brincar com objetos que lembrem o estudo dado. Exemplo: Estudo da arca de Noé – brincar com barquinhos, animais de plástico,  bonecos e bonecas sendo obedientes em suas casas, etc.



Garrafa da calma

Recurso para acalmar as crianças, usamos no final do encontro, próximo a chegada dos pais para pegar as crianças. Eles gostam de observar o que tem dentro das garrafas.





Postagens recentes